A primeira vez que minha esposa deu pra outro cara

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading ... Loading ...

Eu e minha esposa, somos um casal exibicionistas, gostamos de fazer sexo em publico, já fizemos muitas loucuras pelas ruas, onde moramos e nas cidades vizinhas.
A primeira vez que fizemos sexo, com a participação de outra pessoa, foi em fortaleza, capital do sexo.
Em um feriado prolongado, do verão de dois mil e oito, eu e minha esposa, fomos para fortaleza, afim de descansar.
Minha esposa estava afim de pegar um bronze, na sua pele moreno e ficar com um corpo bem legal.
Quando chegamos lá, procuramos uma praia bem deserta, par que fi-casemos bem a vontade.
Mas a praia que escolhemos, não era assim tão a vontade não, estávamos muito a vontade, minha esposa colocou seu biquíni fio dental e deitou-se no sol, eu me sentei na sombra de um coqueiro, para ler um livro, não estava afim de ficar naquele sol escaldante.
A vinte metro de nos tinha uma barraquinha, vendendo coco e refrigerantes.
Logo apareceu um rapaz de uns vinte anos, que ficou sentado na arreia, apreciando a bunda da minha esposa.
Eu percebi que, enquanto ele olhava pra ela e ficava me chendo no pau, eu levei uma latinha de cerveja pra ela e perguntei se ela estava vendo o carinha que estava-lhe observando, ela me disse que já tinha percebido.
Depois de duas horas no sol, minha esposa foi até a barraquinha, para comprar um coco verde, para matar a sede, o carinha foi a traz dela e não deixou ela pagar o coco ele pagou, e ficaram parados no caminho conversando.
Eu notei que minha esposa estava gostando da conversa, ela ria e olhava pra mim.
Quando voltaram, o cara foi direto pra aguá, minha esposa sentou-se perto de mim, eu perguntei se ela estava gostando, ela me disse que sim que ele era muito legal e me perguntou o que eu ajava, eu respondi que só dependia dela, ela fazia o que quisesse, que eu apoiaria todo.
Ela me falou, que ele estava esperando ela lá na aguá, eu disse se ela quisesse ir até lá, todo bem ela me respondeu você esta falando serio, eu disse sim estou, pode ir lá com seu amado que ele esta te esperando.
Minha esposa caminhou até a aguá e foi entrando bem de vagar, até a aguá ficar bem acima da sua cintura, logo o cara se aproximou dela e começaram a conversar, eu fiquei observando e via que minha esposa ri muito.
Derrepente o cara abraçou ela por traz e começou a beijar e a morder seu pescoço, quando minha esposa virou-se de frente pra mim, vi as duas mãos dele por debaixo do sutiã, segurando seu seios.
Depois ele abaixou as mãos e deu uma abaixadinha no corpo também, notei que ele fazia movimentos de vai e vem bem lentos, para não chamar a atenção das demais pessoas, depois ela virou-se de frente pra ele e começaram a se beijar, nisso percebi que ela estava com as pernas arrodeadas em sua cintura, ai ela começou um movimento de sobe e desce com o corpo, eu já estava com o pau duro de tesão vendo minha esposa trepando na minha frente com outro, eu sempre falava pra ela que queria ver ela trepando com outro homem, ela sempre era contra e a quela hora eu estava me realizando, eu já estava guaze gozando quando vi um homem a traz do coqueiro, olhando minha esposa metendo e se masturbando.
Meu tesão estava a mil, quando ela saiu da aguá arrumando seu biquíni que estava fora do lugar.
Pequei ela pela mão e fomos rapidinho pra casa, eu estava louco de tesão, quando chegamos em casa, comecei a trepar com ela e ela foi me contando, todo o que aconteceu lá dentro da aguá.
Eu já tinha visto todo, mas ela falando com a quela voz de tarada, contando nos mínimos detalhes até a hora que ele comeu o cu dela e a hora em que ela sentou no cacete dele e gozou ao mesmo tempo em que ele gozava na boceta dela.
Aquilo pra mim foi demais, gozei feito um touro, e o tesão era tanta que continuei socando o cacete e gozei de novo, fazia tempo que eu não dava duas gozadas ao mesmo tempo, minha esposa ficou surpresa ao me ver com tanto tesão.
No dia seguinte, eu mandei minha esposa convidar o cara para ir jantar em nossa casa, ele foi e aquela noite foi………!!!!! outro dia eu conto o que aconteceu OK!

         

Você pode deixar uma resposta, ou trackback de seu próprio site.

Deixe uma resposta